Centro de Instrução Especializada – CIESP


O Centro de Instrução Especializada – CIESP, situado no Complexo Penitenciário de Gericinó é a divisão da EGP responsável pelos cursos táticos e aulas práticas. Dotado de Salas de aula para as matérias teóricas, um campo gramado em área aberta para as mais diversas instruções, estande de tiro, núcleo de defesa pessoal e uma galeria de presídio para simulações e treinamentos práticos.
O CIESP tem sido uma referência nacional no treinamento penitenciário especializado, recebe autoridades de todo o País que buscam informações e soluções para o enfrentamento de problemas que afligem a segurança pública, principalmente a de custódia de detentos em seus estados. O CIESP recebeu, recentemente, autoridades da Espanha que se mostraram muito impressionados com a realidade penitenciária do Rio de Janeiro e, mais ainda, com a organização, o preparo técnico e o profissionalismo dos nossos inspetores e, em especial, o afinco do CIESP com que trata o condicionamento destes profissionais.

Os Instrutores do CIESP são do mais alto gabarito, alguns oriundos de outras forças, que trazem não só as suas experiências como ajudam a viabilizar intercâmbios com o Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil, Policia Rodoviária Federal, na forma de seus pelotões e Grupamentos tradicionais e especializados como Fuzileiros, Para-Sar, Cães de Guerra, ComAnf, PQD, Presídio da Marinha, Escola Preparatória de Oficiais do Corpo de Bombeiros, GBS Barra da Tijuca, Batalhão de Choque da PMERJ, BOPE, CORE, Esquadrão Anti-Bomba, NOE-PRF, que tanto enriquecem o conhecimento e inserem novas tecnologias das mais diversas formas.

O CIESP conta com o apoio de inspetores dos mais diversos grupamentos que trazem estudos de casos específicos de suas realidades e sua experiência dentro e fora da secretaria. Todos em prol de elevar o nível técnico dos Inspetores de Segurança e Administração Penitenciária que precisam ser cada vez melhorem para atender uma nova realidade, seja de novos perigos e riscos de uma marginalidade que se desenvolve, seja para atender uma sociedade preocupada com o desenvolvimento social, no que tange aos direitos e garantias coletivas e individuais, preconizados na Constituição Federal, Leis, e Tratados Internacionais.

Galeria de Fotos